Crossfit X Gravidez

A gestação é uma fase particular para cada mulher, mas em sua maioria, a prática de exercícios físicos é uma ótima aliada para a saúde da mãe e do bebê. A atividade física durante a gestação, quando liberada pelo médico obstetra e com um treino preparado para este momento, ajuda a manter uma gravidez saudável e, consequentemente, parto e bebê saudável também! 

No CrossFit não seria diferente! Apesar de muitas pessoas acharem que não, grávidas podem sim praticar CrossFit. Após a devida liberação médica, as cargas e exercícios são adaptados para a gestante, que deve treinar com muita orientação e acompanhamento individualizado. Isso faz toda a diferença para bons resultados e para dar sequência aos treinos das mamães que já praticam a atividade.

Claro, alguns movimentos são evitados, outras cargas são alteradas, mas num geral, o CrossFit ajuda a manter o condicionamento físico da gestante e, claro, manter um corpo mais preparado e uma mente mais relaxada. Já as grávidas que ainda não conhecem o CrossFit e querem começar, após a liberação médica, o treino é feito para uma iniciante, com os devidos cuidados que o coach deve ter por conta da gestação. 

Curiosidades

Mulheres que se exercitam durante a gravidez:
– Não acumulam gordura durante a gravidez, sendo assim ganham menos peso
– Se recuperam mais rápido após o parto (Cesárea, natural, normal, humanizado, fórceps)
– Normalmente têm partos mais rápidos e menos complicados
– Resistem mais as dores durante o parto
– Diminuem os riscos de doenças durante a gestação
– Aumentam os níveis de energia

Bebês de mamães crossfiters que se exercitam:
– Seus batimentos cardíacos são mais baixos
-Tem mais facilidade de se adaptar à vida fora do útero
-Nascem com o peso corporal ideal e tendem a não ter problemas de obesidade na vida adulta
-São mais calmos
-Tem riscos mais baixos de desenvolver doenças cardiovasculares e metabólicas

Movimentos os quais podem ser adaptados

Sit Ups =  Prancha, prancha lateral
Bench Press = press, push press
Handstand Push Up = dumbbell ou barbell press/push press
Box Jump = step up, caixote baixo
Kipping Pull Up = Barra baixa e fazer na força, ring row
Kettlebell = Kettlebel leve e executar o swing em conforto
Deadlift = Não há restrição, porém o Sumô Deadlift High Pull pode ser mais confortável
Snatch/Clean = Posições de Hang/ Halteres se necessário uma vez que há protusão do abdômen. Evitar no segundo trimestre as versões de Squat
Pular corda/Corrida = na medida do seu nível de conforto é permitido, porém o remo é uma boa substituição com efeito metabólico similar
Thrusters/Wall Ball = movimento lento e controlado
Push Ups/Burpees = em uma superfície onde o tronco fique mais elevado do que os membros inferiores