A importância do alongamento

importância do alongamento é tão grande que o corpo clama por alongar-se. Basta lembrarmos como é forte o impulso natural de espreguiçar ao acordar, ou seja, o corpo quer se alongar.
Aliás, a parte da manhã é uma ótima hora para fazer isso, depois de horas de relaxamento provocado pelo sono.
O alongamento é um exercício que faz bem não somente para o corpo, mas também para a alma. A sensação de relaxamento produz bem-estar e melhora a qualidade de vida, afinal, eleva o ânimo, aumenta a autonomia do corpo e previne o surgimento de dores.
Por essa recomendação deve ser realizado alongamento antes do treino e alongamento pós treino, porque a fisiologia é bastante clara nesse sentido: músculos encurtados e tensos limitam a amplitude dos movimentos, afetam a postura e em certos casos, a precariedade na flexibilidade da musculatura pode gerar sérios desconfortos físicos.

Quais os benefícios do alongamento?

O principal benefício do alongamento é o ganho de flexibilidade. No alongamento, as fibras musculares fazem um movimento de afastamento. Isso ajuda a ampliar as capacidades do músculo e aumenta progressivamente a sua elasticidade – ou seja, os efeitos podem demorar a aparecer. Para atletas ou praticantes de qualquer atividade física, acredita-se que o exercício previne lesões e aquece o corpo para qualquer prática. Quando feito depois de atividades físicas, ajuda a relaxar os músculos novamente e aliviar as tensões.

Como deve ser feito o alongamento

É essencial a prática de alongamento constante, de preferência todos os dias. É importante ressaltar que você não pode sentir dor ao alongar-se e deve fazê-lo de forma correta, com calma, relaxado, inspirando pelo nariz e expirando pela boca.

Como havia dito, deve ser feito de preferência supervisionado por um profissional da área. Cada posição de alongamento deve ser feita de 15 a 45 segundos, o ideal é que você faça um pré-aquecimento antes, como por exemplo, uma caminhada de 5 minutos ou polichinelos antes de executar os exercícios de alongamento.

É importante iniciar o alongamento pelos músculos primários que são o superior das costas, peitoral e posterior das coxas e glúteos, pois eles são os que contribuem mais intensamente na execução dos movimentos. Depois alongue os músculos auxiliares ou secundários como os músculos das mãos e dedos e dos bíceps.

Envie uma mensagem para nós

Preencha os dados abaixo e procuraremos te responder o tão breve possível:

    Venha nos visitar

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    × Entre em contato conosco!